Upcycling: nada se perde, tudo se transforma!

Conheça esta forma de moda sustentável, as vantagens das roupas feitas de materiais recicláveis e adira a esta nova tendência. Descubra mais aqui.

Numa era em que temos mais informação que nunca sobre o meio ambiente, há alguns conceitos que se misturam e nos confundem. Um deles prende-se com a sustentabilidade na moda e tem estado a dar que falar: o upcycling. Afinal, de que se trata? Ajudamo-lo a compreender melhor.

O que é o upcycling?

Não tem tradução para o português, mas facilmente identificamos a semelhança com a palavra “recycling” (reciclar). O upcycling é a atribuição de uma utilidade a resíduos outrora inúteis, é o processo de melhorar objetos existentes com materiais antigos e usados, que de outra forma acabariam no lixo, contribuindo para fechar o ciclo da produção que, regra geral, vai buscar matéria-prima à natureza.

O que distingue upcycling de recycling?

A reciclagem cria novos objetos, enquanto o upcycling apenas transforma objetos existentes, melhorando-os. Esta nova tendência consiste em reinventar criativamente produtos que já foram criados no passado, evitando a produção de novos produtos com características semelhantes.

Como praticar o upcycling?

Não tem nada de complicado e, na verdade, muitos de nós já o fazemos sem sequer lhe darmos um nome. Quer um exemplo? As flores secas com que criámos um bonito quadro. Uma caneca com a pega partida que passámos a utilizar como jarro de flores. O vestido que tinha uma nódoa e que passou a ser um top ou, com um corte e costura, tornou um outro vestido muito mais interessante. No que à moda diz respeito, as possibilidades são infinitas: tecidos antigos podem ser um bolso numa t-shirt básica, botões coloridos podem reinventar um casaco, pregadeiras podem dar vida a camisas simples. O limite é a imaginação!

Porquê aderir ao upcycling?

Esta é uma alternativa ao consumismo que é responsável por sobrecarregar o meio ambiente e utilizar demasiados recursos naturais. Através da prática do upcycling, podemos reinventar objetos ou peças antigas através de técnicas inovadoras e criativas, reduzindo a exploração da natureza e fechando o “ciclo da moda”, fazendo dele um círculo perfeito.  Aderir a esta moda é portanto aumentar o tempo de vida dos produtos, evitar gastar recursos naturais para criar produtos novos e, consequentemente, poupar materiais, energia e o próprio meio ambiente. E o upcycling não se aplica apenas à moda mas também ao design, à decoração, à arquitetura, às artes plásticas e por aí fora… Na verdade, trata-se de uma forma de estar na vida.

Vamos experimentar?

Publicação
29 de Outubro de 2019
Partilhar