Cinema: estreias da semana

“Os Sete Magníficos” regressam ao cinema e Oliver Stone traz mais uma produção de causas que acicata a discussão entre segurança e privacidade.

“Os Sete Magníficos” é um remake do popular western dos anos 1960, de John Sturges, e que agora é trazido ao grande ecrã pelas mãos de Antoine Fuqua. A versão atual mantem certa consistência com o filme original, mas traz a história para uma América contemporânea.

E “Snowden”, o novo filme de Oliver Stone, recai sobre a saga verídica do analista de sistemas que revelou ao mundo o maior esquema de espionagem de todos os tempos. É uma obra que nos leva a repensar os limites da nossa privacidade digital e que fará com que nunca mais olhemos da mesma forma para o nosso telemóvel ou para a webcam de um computador.

Os grandes estúdios cinematográficos recusaram financiar a longa-metragem, segundo Stone. O filme acabou por ser distribuído pela produtora independente Open Road, que em 2015 produziu “O Caso Spotlight” (Óscar de Melhor Filme) – sobre a revelação polémica do escândalo de abusos sexuais de menores por membros da Igreja Católica.

Conheça aqui todas as estreias da semana.

“Os Sete Magníficos”

“Os Sete Magníficos” – Sam Chisolm (Denzel Washington), Josh Faraday (Chris Pratt), Goodnight Robicheaux (Ethan Hawke), Jack Horne (Vincent D’Onofrio), Billy Rocks (Byung-Hun Lee), Vasquez (Manuel Garcia-Rulfo) e Red Harvest (Martin Sensmeier) – são sete mercenários caçadores de prémios que poderão ser a salvação da cidade de Rose Creek, que se encontra sob o domínio do industrial e vilão Bartholomew Bogue (Peter Sarsgaard).

O filme de Antoine Fuqua (“Dia de Treino”) conta com o selo de produção da Metro-Goldwyn-Mayer Pictures e da Columbia Pictures.

“Snowden”

Edward Snowden (Joseph Gordon-Levitt) é um ex-militar que após sofrer uma fratura fica impedido de continuar o serviço e acaba por ser contratado pela NSA (Agência de Segurança Nacional Americana) como analista de sistemas. Snowden desvenda o programa secreto da agência, que espiava boa parte da população mundial através de complexas redes de vigilância e decide revelar publicamente um dos maiores esquemas de espionagem mundial.

O filme do premiado realizador Oliver Stone (“Nascido a 4 de Julho” e “Platoon – Os Bravos do Pelotão”) é baseado na obra do jornalista do “The Guardian”, Luke Harding, com o título “Os ficheiros Snowden: a história secreta do homem mais procurado do mundo”, e em “Time of the Octopus” de Anatoly Kucherena. Para além da intocável interpretação de Gordon-Levitt, o elenco conta ainda com Shailene Woodley, Scott Eastwood e Nicolas Cage.

A discussão mantem-se sobre se Edward Snowden é um traidor ou um patriota, mas a lente do realizador tende para o “herói nacional”.

Publicação
23 de Setembro de 2016
Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço