Natas? Experimente usar antes iogurte

Os molhos tornam qualquer prato mais interessante, mas também mais calórico. A menos que use iogurte. Conheça algumas dicas.

Vamos admitir: comer carne, peixe, salada — ou qualquer outro prato —, sem qualquer molho pode ser aborrecido — parece que falta ali qualquer coisa. O problema é que a maioria dos molhos é altamente calórica e, normalmente, tem muita gordura.

As principais causas disto são os óleos, as maioneses e as natas. Para se ter uma ideia, 100 gramas de natas têm cerca de 340 calorias e são constituídas por 36% de gordura, grande parte saturada, que é prejudicial ao bom funcionamento cardiovascular. E o que é que as natas acrescentam? Precisamente uma textura que vai dar uma consistência e um sabor diferente aos molhos.

Mas e se pudesse substituir as natas por uma coisa muito mais saudável sem perder o tal sabor do molho? Pois, pode. Usando um iogurte natural. Cem gramas de um iogurte natural sólido e meio gordo têm cerca de 54 calorias e apenas 0,2 gramas de gordura. “Substituir as natas por iogurte natural, torna a receita mais interessante do ponto de vista nutricional e igualmente saborosa”, conta Daniela Duarte, nutricionista e autora do blogue Agita Kalorias. “Ao consumir molhos menos calóricos, com adição de iogurte, estamos a diminuir a densidade energética da refeição”.

Ter menos calorias é ótimo, mas ainda há mais vantagens em transformar este produto em molho: é rico em proteínas de alto valor biológico, é rico em cálcio e é “importante no funcionamento intestinal pela presença de bactérias lácteas importantes à flora intestinal”.

Ainda assim, é importante ter atenção ao tipo de iogurte utilizado, devido ao teor de gordura. De acordo com a nutricionista, “as versões magras são as mais equilibradas”, contudo, nestes casos, é importante olhar para a quantidade açúcar, que costuma aumentar. É por isso que Daniela Duarte recomenda o “tradicional iogurte natural, que é sem dúvida a melhor escolha”.

O meio gordo é, regra geral, o que tem menor teor de açúcar. Outra característica do iogurte é o facto de este ter vantagens em relação a outros produtos lacticínios, como o leite: leva a uma “digestão mais fácil devido à degradação parcial da proteína, lípidos e hidratos de carbono”. Além disso, como tem menos pH (ácido), tem maior biodisponibilidade, o que faz com que corpo consiga absorver mais nutrientes, como os minerais e o cálcio.

Daniela Duarte deu-nos quatro receitas com molho de iogurte, que não incluem saladas ou outros pratos hiper dietéticos. É usado em comida comida normal e saudável para toda a gente, com ingredientes que pode comprar nos supermercados. Há desde hambúrguer a pão de milho.

Categorias
Vida Saudável
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço