Tornando o difícil fácil

Isto de entrar no mundo do fitness, nem sempre é fácil e nem sempre há motivação para tal. Há dias que podemos andar mais em baixo ou o dia não correu tão bem…experimentem fazer algum exercício e irão sentir-se melhores.

Chamo-me Neide, tenho 30 anos e sou mãe de um casal, nunca abdiquei da minha hora de me exercitar, desde os meus 14, 15 anos comecei a fazer algum tipo de desporto, andava muito de bicicleta e havia dias em que ia correr, a minha paixão sempre foi o mundo do fitness. Não era gorda mas nunca estava satisfeita com o meu corpo…quem é a mulher que está? Nas duas gestações engordei bastante não me privei de comer nada, sempre fui super gulosa, mas assim que nascia a criança, voltava à atividade física, mas havia gordurinhas que não saíam por nada e alimentação também não era a melhor.

Quando tive o meu segundo filho, há 4 anos e meio aí sim decidi mesmo mudar a sério, queria ficar sequinha sem aquela gordura lateral na cintura e fui a luta. Como é uma área que adoro saber, li e pesquisei como conseguir os meus objetivos. Nunca gostei muito de ginásios, não me sinto plenamente há vontade, adoro treinar ao ar livre ou em casa, sim é possível ter um corpo fit em casa, nada serve de desculpas. Oiço mães a dizer: “ai, fiquei assim depois da gravidez e nunca mais consegui ter o meu corpo de volta!” Esforçaram-se? Mudaram a rotina? Eu sei que nós mulheres temos uma vida extremamente ocupada, é filhos, é casa , é trabalho… é marido!

Há dias que está tudo a nossa espera para fazer, mas nesses dias há sempre meia horita ou quinze minutos para fazer alguma coisa. Já chega de desculpas. Cá em casa a rotina alimentar mudou completamente. Tendo duas crianças então não foi fácil… mas falando com eles e explicar acerca de certos tipos de alimentos a importância que têm para a nossa saúde. Aprendi a gostar de certos alimentos em que sempre disse que não gostava ou que jamais compraria, legumes coisa que raramente comia, e agora como quase todos os dias. Não é fácil, mas não percam a força ou vontade de continuar, sem esforço nada se consegue e tudo começa pela alimentação principalmente.

Deixem-se de dietas malucas e da moda, tudo tem que ser feito com cabeça e consciência para que não falte nutrientes essenciais para o nosso corpo. Mudar a rotina alimentar não dizer só comer saladas e passar horas e horas sem comer. Quer dizer sim, comer bem de forma equilibrada e saudável, graças a Deus há truques e diversas formas de fazer refeições que adoramos.

Por vezes perguntam me como consigo gerir tudo, é fácil! Com vontade e gosto tudo corre da melhor forma. E se passa mais de que um dia em que não tiro a minha hora, fico stressada! Isto torna-se um ciclo viciante mas saudável, quando começamos a ver que todo este esforço vale a pena, a ver mudanças no nosso corpo, ainda ficamos com mais vontade de fazermos mais por nós! Se não estamos satisfeitas com o nosso corpo há que mudar isso porque tudo é possível, mesmo sem tempo ou dinheiro para ginásio, há muita coisa que se pode fazer em casa ou ao ar livre. Sim ser uma mãe fit é possível, os filhos e marido ficam orgulhosos de nós e servimos de incentivo para tantas outras mulheres.

Partilhar